sexta-feira, 28 de abril de 2017

Tommy Robinson enfrenta muçulmanos acusados de pedofilia à porta do Tribunal


     Não sei como é que este homem ainda está vivo!... Parafraseando o Hector Salamanca, "tem uns cá uns ovos!!!" 😄 

Alguns acharão que o género de peixeirada que se pode ver neste vídeo é excessivo. Pelo contrário, quando se trata de denunciar os muçulmanos, toda a publicidade é bem-vinda! Essa é apenas mais uma das muitas realidades que alguns nacionalistas mais autistas precisam de enfiar na suas cabeças ocas... "polidos" e "educados" são os inúteis dos direitinhas, cuja negligência criminosa e pseudo-intelecutalismo "refinado" nos trouxe até aqui. Nada disso, o que é realmente preciso é que as notícias cheguem às pessoas, seja de que forma for...

...se não quiserem ver as partes mais "à Jerry Springer", vejam pelo menos a partir dos 4m50s, quando o Tommy explica os motivos do julgamento e os crimes de que os pedófilos muçulmanos são acusados.

Sobre o declínio do Blogger e um apelo aos leitores do TU com conta de Facebook


     Esta posta é essencialmente sobre a audiência do TU, mas estou convencido que outros blogueiros nacionalistas poderão tirar partido dela.

Os meus leitores provavelmente nem se devem ter apercebido, mas o TU teve mais visualizações na última semana do que em todo o ano 2016 mais o primeiro trimestre de 2017. Não, não estou a gozar! Infelizmente, trata-se apenas de um fenómeno fugaz e não de uma tendência que veio para ficar, a menos que os meus leitores com conta de Facebook me ajudem. Passo a explicar porquê.

Esta é a evolução do número de visualizações do TU em cada mês, desde a sua abertura, a 29 de Dezemebro de 2012:


Ou seja, o mês de Abril de 2017 ainda não acabou e o TU já teve mais de 92 mil visualizações! Já em 2016 e em 2015 tinham ocorrido picos de audiência semelhantes, mas nunca tão pronunciados como o deste mês. O que aconteceu em concreto para fazer disparar o número de visualizações desta forma? Olhando para estas duas tabelas, percebe-se rapidamente:



Ou seja, o que se passou foi que alguém partilhou uma das postas mais antigas do TU no Facebook, o que fez com que milhares de pessoas acedessem a essa posta em apenas alguns dias! Mais, estive a investigar a popularidade das postas do TU e verifiquei que as sete postas mais populares foram todas partilhadas no Facebook nalgum momento!

Resumindo e concluindo: partilhar as postas do Blogger no Facebook aumenta grandemente o nível da nossa audiência. Se queremos fazer chegar a mensagem nacionalista ao maior número de pessoas possível, é imperativo que partilhemos as nossas postas no Facebook. Quero por isso deixar um grande muito obrigado! à pessoa que partilhou a posta "Líder da comunidade islâmica "portuguesa" agride a sua mulher à cotovelada!". Graças a si, o TU teve dezenas de milhares de visualizações que normalmente não teria!

Queria tambem pedir aos meus leitores com conta de Facebook um favor: partilhem uma posta do TU e de outros blogues nacionalistas de vez em quadno. A avaliar por este gráfico e tabelas, faz toda a diferença! Obrigado!

Grande festa da "juventude" na Florida!


     Um muito obrigado! à Leitora por nos ter trazido aqui estas imagens vibrantes. O cenário é um centro comercial na pequena localidade de Orange Park, na Florida (EUA). No passado sábado Sáturnes (o dia de Saturno), cerca de 60 "jovens" decidiram enriquecer-se umas às outras! Não se sabe ao certo como é que tudo começou, mas o resultado foi este maravilhoso hino à diversidade...



Quando se é "jovem", leva-se tudo à frente! Mesmo que se seja menina! 😆

Triste futebol: "jovem" benfiquista mata ariano sportinguista


    Vejam bem, caros leitores, a fuça horrorosa do assassino benfiquista que matou um ariano por causa dessa valente porcaria que é o futebol, o equivalente masculino das telenovelas:

Até parece uma bola de bilhar, de tão reluzente! Deve ser porque "o futebol é identitário", pá!

«O suspeito de ter atropelado o adepto [do Sporting] junto ao Estádio da Luz na madrugada de sábado Sáturnes e que se entregou, esta quinta-feira, nas instalações da Polícia Judiciária, em Lisboa, ficou detido por homicídio.

O homem, que pertence à claque dos 'No Name Boys', dirigiu-se à PJ junto do advogado Melo Alves. Tudo indica que o suspeito será indiciado pelo crime de homícidio qualificado. Luís Miguel Pina, também conhecido como "Lué", tem 40 anos, vive em Rio de Mouro e tem quatro filhos. Vai ser ouvido pelo Ministério Público, bem como apresentado a um juíz de instrução criminal. O suspeito já tinha cadastro e terá sido defendido por este advogado noutros processos anteriores.

Marco Ficini, de nacionalidade italiana, morreu na madrugada de sábado Sáturnes passado na sequência de um atropelamento e fuga junto ao Estádio da Luz, de acordo com a PSP, que foi chamada ao local depois de alertada para a existência de confrontos naquela noite. O atropelamento mortal deu-se horas antes de um jogo entre o Sporting e o Benfica, da 30.ª jornada da I Liga, no Estádio José Alvalade, em Lisboa.»

O que vai valendo ao movimento nacionalista é o futebol, hãã! Sim porque se não fosse o futebol, a raça branca já tinha desaparecido deste planeta, hãã!!! Só no futebol é que ainda há homens brancos a sério, hããã!!!! Basta olhar para o "Lué" e confirmar, pá!!!!!
_____________
Ver também:

terça-feira, 25 de abril de 2017

25 de Abril sempre... ou pelo menos até ao 25 de Novembro. Porque o passado não voltará...


    Há 43 anos, o comunismo quase conseguiu tomar conta de Portugal. Apesar de nos termos safado dessa, não nos safámos de termos sido (des)governados até hoje por uma classe de oportunistas medíocres e corruptos tomou conta do destino do nosso país...

Obrigado, "tugas"! 25 de Abril sempre, pá! Fascismo nunca mais, carago!!!

Mas não se esqueçam de continuar a votar neles! Ou façam ainda melhor, não votem de todo, que é para garantirem em definitivo que eles permanecem no poder indefinidamente!

Não, a solução não é fazer uma revolução ou voltar a ter uma ditadura ao estilo salazarento! Mesmo que isso fosse desejável -e deixo desde já bem claro que não é desejável de todo- um Portugal sob regime ditatorial teria graves problemas em manter-se numa Europa de estados democráticos.  Nada disso, a única solução viável é criar mecanismos efectivos de punição da classe política em caso de incompetência grosseira ou gestão danosa. E ao contrário do que apregoam alguns idiotas da nossa praça, criminalizar a má gestão política só se consegue com mais Democracia e, sobretudo, com muita mais participação e consciência cívica popular. O passado não regressará... a menos que o Islão tome conta disto tudo!

Alhearmo-nos completamente da política e esperar que os problemas do nosso país se resolvam é como não tomar banho durante meses e esperar encontrar o amor da nossa vida ao sair de casa. Os pulhíticos que se podem ver na montagem acima são o nosso reflexo, não o meu ou o do caro leitor especificamente, mas da sociedade portuguesa como um todo, que os elegeu e continua a eleger.

Como disse o cabrão do Gandhi, "tu tens de ser a mudança que queres ver no mundo".  Já basta de sebastianismos messiânicos no movimento nacionalista! Estamos apenas por nossa conta! Ou percebemos isso de uma vez por todas, ou desapareceremos para sempre...

_______________________
Leituras complementares: 

O círculo fechou-se...
Recordar Maquiavel

Marcelo volta à mesquita de Lisboa...


     Recordo aos meus leitores que o "presidente dos afectos" já tinha ido à mesquita do David "das cotoveladas", precisamente no dia da sua tomada de posse (a vida é feita de prioridades, não é mesmo?).



____________________
Marcelinho superstar:


ATAPIC (5): dá cá um abraço, ó David!
Confirma-se: Marcelo apoia Costa na intenção de escancarar Portugal a todo o mundo lusófono
Marcelo visita Cuba e poderá até encontrar-se com Fidel!
Mais uma intervenção surreal do Marcelinho da "direitinha"
O Marcelinho da "direitinha" foi usado pelo ISIS como exemplo de um "infiel"!
Mais provas de que o Marcelinho da "direitinha" é apenas mais um lacaio da superclasse mundialista
O Marcelinho da "direitinha" dá uma de Justin Trudeau!
As novas da "direitinha" cá do burgo
Reflexões sobre as Presidenciais de 2016

Sobre os resultados da 1ª volta das eleições presidenciais francesas de 2017


    Infelizmente e ao contrário do que aconteceu com Trump, as sondagens acertaram. O "independente" Emmanuel Macron, ex-banqueiro Rothschild que chegou a ganhar 3000 €/dia para no final declarar um património de apenas 200 mil euros, venceu. A sua vitória está agora a ser celebrada por toda a classe pulhítica (que é como quem diz globalista) ocidental.



Tal como tinha acontecido em Março a Geert Wilders, Marine Le Pen perdeu a liderança das intenções de voto algumas semanas antes do escrutínio. E se as coisas já estavam difíceis antes da votação de ontem, as sondagens para a 2ª volta são francamente desanimadoras:




Uma diferença tão grande entre os dois candidatos dificilmente será superada, mesmo tendo em conta a grande percentagem de indecisos. A dura realidade é que Marine não tem grandes hipóteses de vir a ser a próxima presidente da França.

Entretanto e voltando a olhar novamente para os resultados da primeira volta, vale a pena olhar para dois dados: (1) os votos dos franceses residentes no estrangeiro; e (2) os votos por religião:


Ou seja, os emigrantes franceses (os franceses que vivem fora de França), votaram massivamente em Macron. Entre os emigrantes, até o perdedor Hamon ficou à frente de Le Pen! O quadro que se segue consegue ser ainda mais desconcertante...


Conforme se esperava, os muçulmanos votaram mais em Mélenchon (extrema-esquerda) e em Macron (o tal globalista "independente"). Mas os católicos preferiram o "direitinha" nepotista Fillon a Marine! Entre os católicos praticantes, Fillon obteve uns assombrosos 46%!!! Numa altura em que há igrejas em França a ser demolidas, enquanto as mesquitas proliferam como cogumelos, os católicos franceses preferiram um "direitinha" demonstravelmente corrupto à loira da FN!

E sabem o que é ainda mais desconcertante, caros leitores? No documento de onde retirei este quadro, há outro quadro logo a seguir que mostra que a segunda maior prioridade dos católicos praticantes franceses é combater o terrorismo (a primeira é combater o desemprego)! Ou seja, eles dizem que querem combater o terrorismo, mas depois votam em Fillon e em Macron antes de Le Pen!!!

domingo, 23 de abril de 2017

Recordar Maquiavel


   Esta interessante conversa que mantive com a Leitora fez-me recordar os ensinamentos imprescindíveis que nos foram deixados pelo colosso Nicolau Maquiavel (1469-1527), em particular aqueles perpetuados na sua magum opus, «O Príncipe» (1513).

Apreciar a inestimável herança de Maquiavel não é apenas uma questão de curiosidade histórica ou fetiche da arte da política. Pelo contrário, compreender a veracidade e o alcance dos seus escritos é uma necessidade da vida adulta e do exercício consequente da inteligência. Senão vejamos alguns exemplos da sua sabedoria, transcritos de «O Príncipe»:

«Aquele que adapta a sua forma de actuação aos tempos, prospera; de forma semelhante, aquele cuja política colide frontalmente com as exigências dos tempos, não prospera.»

«A maior parte da humanidade contenta-se com a aparência, como se ela fosse a realidade; as pessoas são mais influenciadas pelas coisas que parecem ser do que por aquelas que são.»

«A forma mais imediata de estimar a inteligência de um governante é olhar para os homens de que se faz rodear.»

«A um príncipe, nunca faltarão razões legítimas para quebrar as suas promessas.»

«O ideal é ser amado e temido. Mas como é difícil ser amado e temido ao mesmo tempo, aquele que tiver de optar encontrará maior segurança em ser temido. O amor pode ser quebrado sempre que houver vantagem nisso; mas o medo é suportado pelo pavor à dor, que está sempre presente.»

«A diferença entre o modo como se deve viver e como se vive [de facto] é tão grande, que o homem que ignora o que é feito realmente e se orienta pelo que deve ser feito está a caminho da sua auto-destruição.»

E a minha favorita:

«Os homens esquecem mais depressa a morte dos seus pais do que a perda do seu património.»

Eu estou convencido que um dos principais problemas do Nacionalismo contemporâneo é a rejeição de muitos dos pricípios maquiavélicos. Não se pode combater o globalismo sem perceber primeiro como é que um globalista típico pensa. Julgo por isso que todo o bom nacionalista deve conhecer a obra de Maquiavel. E nem mesmo os mais preguiçosos que não gostam de ler livros têm desculpa, porque este documentário, que até já tem uns anitos, resume o essencial:

sábado, 22 de abril de 2017

Três vídeos que vale a pena ver (41): da islamização da Europa


1. Paul Joseph Watson: «Há 50 mil polícias armados nas ruas de Paris»; mas como é que isso permite acabar com o terror a longo prazo? Não permite, evidentemente! Gasta-se o dinheiro dos contribuintes franceses para nada, vão-se perdendo vidas europeias em atentados e o cancro islâmico continua a alastrar por toda a França!

O mais assustador é que mesmo a política defendida por Marine Le Pen, que é louvada pelo PJW neste vídeo, é manifestamente insuficiente... o fenómeno da "radicalização" dos muçulmanos não depende apenas do contexto sociocultural em que eles vivem, ele depende sobretudo da sua alienação face à sociedade ocidental a que são estranhos. É por isso que muitos dos terroristas que cometem atentados em solo ocidental já nasceram em solo ocidental. E é isso que leva ao número citado pelo PJW a partir dos 2m22s: cerca de um terço dos muçulmanos (33%) a estudar nas escolas francesas apoia o terrorismo islâmico!

A única solução definitiva para o terrorismo islâmico é interditar o Islão e expulsar todos os muçulmanos da Europa, bem como todos aqueles não-muçulmanos que os querem cá. Nada mais resultará. 50 mil polícias nas ruas de Paris só servem para adiar o inevitável.




2. Ex-muçulmano irado acusa a autarca de Paris e o governo francês de serem os grandes culpados pelas atrocidades islâmicas; estas imagens foram filmadas no dia seguinte ao mais recente atentado islâmico em Paris. O protagonista do vídeo chama-se Fareed, já foi muçulmano e só diz verdades. Aqueles que acreditam que a "islamofobia" é um conceito válido deviam vê-lo e ouvi-lo. Pode ser que aprendam alguma coisa, embora eu não tenha grande esperança...




3. E depois de um ex-muçulmano honesto, segue-se um muçulmano honesto! Já o protagonista deste vídeo é um muçulmano nasceu e cresceu nos arredores da cidade de Luton, a mesma onde cresceu o corajoso Tommy Robinson. Neste vídeo, ele é entrevistado por Paul Golding, o líder do partido cristão Britain First e diz abertamente várias coisas interessantes que, embora não sejam novidade, convém termos sempre bem presentes:
  • o objectivos dos muçulmanos é impor a Lei Chária na Grã-Bretanha;
  • os muçulmanos no Ocidente rejeitam a democracia e querem viver sob a sua própria lei;
  • os muçulmanos não vieram para o Ocidente para se submeterem, eles vieram para submeter o Ocidente ao Islão; ou, como diz o entrevistado aos 0m50s: «Nós viemos aqui para promover as nossas leis nos países dos outros»;
  • o entrevistado acredita que o Reino Unido acabará por se transformar num estado islâmico e trabalha activamente para que isso aconteça.

E em França, continua a dança (5)...


     Como os meus caros leitores já saberão certamente, houve mais um atentado terrorista islâmico em Paris. Desta vez, um "pobre coitadinho" chamado Karim Cheurfi, um nome tão tipicamente francês como Jean-Luc ou Pierre, chamado decidiu enriquecer vários agentes da polícia nos Campos Elísios, em Paris, na última quinta-feira último Joves à noite. Um dos agentes morreu, outros dois ficaram feridos. O ataque foi reivindicado pelo Estado Islâmico logo depois, tendo o terrorista acabado por ser abatido pelas autoridades. Há quem acredite que o ataque é "um bónus para Marine Le Pen".

 O "pobre coitadinho oprimido", Karim Cheurfi.

O terrorista estava na mira das autoridades e até tinha sido interrogado recentemente por ameaçar as forças de segurança gaulesas. Mas apesar de ter tentado adquirir armas para "vingar os muçulmanos mortos na Síria", ninguém teve a coragem de o prender. Mais, o Amigo de Israel conta-nos que o Karim, que usava o pseudónimo 'Abu Yousuf, o Belga, chegou a ser condenado a 20 anos de prisão por abrir fogo contra agentes da Le. Falava abertamente sobre o seu desejo de matar polícias nas redes sociais.

Mas nem tudo foi mau: o polícia abatido era um activista dos direitos LGBT, um idiota útil que tinha chegado até a viajar para a Grécia para ajudar a lidar com a chegada dos "refugiados" que atravessavam o Mar Egeu para chegar à União Europeia. Ou seja, era mais um imbecil esquerdalhista que foi devidamente recompensado pelo karma:

Xavier Jugelé: prémio Darwin de 2017!
(amante dos refujiadistas, enriquecido por um islamista)


Mas a "dança" não pára. Hoje, já houve mais uma tentativa de "enriquecimento" em Paris:

«Um homem armado com uma faca foi detido hoje na Gare do Norte, em Paris, depois de ter provocado o pânico entre as pessoas que se encontravam no local, avançaram à agência de notícias francesa AFP fontes policiais.

"Um homem empunhando uma faca entrou na estação e foi sinalizado por uma patrulha policial que imediatamente procedeu à sua detenção", revelaram as fontes sobre este incidente, que não terá provocado vítimas e que ocorreu apenas dois dias depois do último atentado na capital francesa.


O "jovem", pouco depois de ser dominado pelas autoridades.

Outra fonte policial informou que muitos passageiros que se encontravam na Gare do Norte entraram em pânico perante o sucedido, abandonando as suas bagagens na estação de comboios e fugindo do local.»

Notem bem, caros leitores, os passageiros fugiram de um único homem com uma faca, deixando para trás as suas bagagens e tudo! Mas não se pense que é só em França...



«A Guarda Civil espanhola deteve hoje em El Espinar (Segóvia, centro) um presumível terrorista de 43 anos e origem egípcia, procurado internacionalmente, informou o Ministério do Interior espanhol.

O homem é procurado pelas autoridades egípcias por alegadamente pertencer a uma organização terrorista, adiantou num comunicado. A investigação, durante a qual foi trocada informação com os serviços de informação egípcios e alemães, permitiu saber que o detido residiu durante algum tempo noutros países europeus, como a Alemanha, onde também foi investigado.»

Mas não se preocupem, caros leitores, a islamização é um mito perpetuado pela extrema-direita. Pelo menos, é o que nos dizem as pessoas que querem enfiar milhões de "enriquecedores" islâmicos pela Europa adentro!...