quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Os "refugiados" e a classe política traidora


   E na sequência da posta anterior, aqui fica a mais recente intervenção de Rogério Santos, Vogal do único partido nacionalista em Portugal, o Partido Nacional Renovador (PNR):

«Caros amigos,

A questão dos “refugiados” tem suscitado, na nossa classe política, doses substanciais de hipocrisia e de uma falta de respeito para com os portugueses. Falam dos valores europeus, falam da solidariedade, ao mesmo tempo que atiram os portugueses para o desemprego, para a pobreza, para a fome e miséria.

Não passam de uns hipócritas; dão tudo a quem vem de fora, casa, emprego, formação profissional, rendimento mínimo garantido, abono de família, acesso à educação e à saúde! E quem é que paga todas estas mordomias!?

E os portugueses que perderam os seus empregos!? E os que passam graves dificuldades!? E os mais desprotegidos!? Mas será que em Portugal não temos pessoas a passar dificuldades!?

São estes políticos traidores, que acolhem sem hesitar milhares de “refugiados”, dando-lhes direito a tudo. Deixando o nosso povo na mais profunda miséria.

Lembro que o PNR, à semelhança de outros partidos nacionalistas europeus, nada tem contra imigrantes integrados, que nos respeitam e contribuem para o bem comum, mas sempre se opôs às políticas suicidas desta imigração invasora.

Em nome da tolerância e dos bons costumes, uma escola da Baviera aconselhou as suas alunas a vestirem-se de uma forma “modesta”, para não ofenderem os pobres coitados. Em Portugal, também já começámos a dar os primeiros-passos na estupidificação e overdose colectiva: o manual de “Acolhimento de Refugiados, Alimentação e Necessidades Nutricionais…” é um bom exemplo disso e não passa de mais um dos devaneios da nossa classe política, havendo inclusive, conselhos sobre os cuidados a ter na roupa usada na hora de os atender. Um absurdo!

O próprio título, já em si, é escandaloso: “Alimentação e necessidades nutricionais…”. Ora, a DGS já possui vários manuais de nutrição, não se entende o porquê de mais um! Será que os refugiados são uma espécie de extra-terrestres com necessidades nutricionais bem diferentes das nossas!?

Porém, não pensem que só a Esquerda abraçou a causa muçulmana. Exemplo disso é todo o delírio mental dos vários quadrantes políticos: Paulo Portas chegou a falar dos imigrantes muçulmanos como jovens reprodutores numa sociedade com poucos filhos; Passos Coelho acha que os “refugiados” podem ajudar a combater o envelhecimento da população no interior; já António Costa, o timoneiro da geringonça, acha que eles nos poderiam dar uma “mãozinha” a tomar conta das florestas… E quando era Presidente da Câmara de Lisboa disponibilizou-se para financiar, em mais de 3 milhões de euros, a nova mesquita no Martim Moniz. É caso para dizer, “afinal há dinheiro…”, mas não para os portugueses.

Esta é a mentalidade da nossa classe política governante. Nós, nacionalistas, não nos vamos calar! Lutamos com coragem, determinação e uma entrega total.

Portugal, mais uma vez, renascerá!

Viva o PNR e viva Portugal!»

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Portugal já recebeu 567 refujiadistas!


«Portugal recebeu até agora 555 refugiados no âmbito do programa de recolocação de pessoas que estão em campos na Grécia (372) e Itália (183), segundo dados divulgados esta quarta-feira pela Comissão Europeia.»

"Refugiados" à chegada ao Aeroporto de Lisboa: que estranho, não têm cara de sírios!

«No total, até dia 27 de Setembro, e um ano após a entrada em vigor do sistema, foram recolocados 1196 refugiados que estavam em Itália e 4455 na Grécia, num total de 5651 pessoas. A França foi o país que mais pessoas acolheu, até agora, oriundas da Grécia (1721) e a Finlândia recebeu o maior número de recolocações de Itália (260).

Em Setembro, segundo a 'Comissão Juncker', conseguiu chegar-se a um recorde de 1202 recolocações, o que atribui à aceleração do processo de registo dos candidatos a asilo na Grécia. Com o aumento da capacidade do Serviço de Asilo grego e se os Estados-membros aumentarem os seus esforços, Bruxelas espera que durante o próximo ano possam ser distribuídas até 30 mil pessoas.

Já no que respeita ao programa de reinstalação de pessoas que estão em campos fora da UE, Portugal recebeu 12 pessoas.» 

Comentário do blogueiro: basta olharmos para a fotografia acima para percebermos rapidamente que o nosso país não está a receber apenas refugiados. Desconfio até que a maioria destes 567 "pobres coitadinhos" é constituída por imigrantes económicos, oportunistas parasitários que se estão a aproveitar da boa vontade e da ingenuidade dos europeus.

Mas pronto, os portugueses em geral não se podem queixar... quiseram o triunvirato esquerdalhista  Costa + Jerónimo + dupla Martins/Mortágua no poder. Sim, quiseram! Se não quisessem, tinham votado nas alternativas. Quem se abstém é como quem cala, consente! Agora aguentem, seus irresponsáveis!

_____________
Ver também:

Costa diz aos "refugiados" num campo grego: «São bem-vindos em Portugal»
Tenham medo! Tenham muito medo!!!...
Banco de terras em vias de ser aberto para refugiados (Gladius)
Os esforços do Costa das Índias estão a dar frutos!
Costa não perde tempo e mostra logo ao que vem...
O PNR denuncia as promessas que Costa cumpre e também as que não cumpre...
Câmara de Lisboa perdoa 1,8 milhões de euros ao Benfica
Mais uma do Costa das Índias!...
O Costa das Índias quer criar um "Espaço Schengen" da lusofonia!
PNR identifica o inimigo público nº1 de Portugal e dos Portugueses
PNR denuncia as intenções anti-portuguesas do cada vez mais provável futuro primeiro-ministro
De Lisboa a “Lismá”: PNR denuncia o legado de António Costa
Enquanto os portugueses têm de fazer sacrifícios, os "refugiados" têm tudo de borla!
Estudo diz que Portugal é o segundo melhor país do mundo a acolher e integrar imigrantes

Em pleno interior transmontanto: máfia búlgara forçava famílias a escravidão!


«A Polícia Judiciária do Porto libertou nove cidadãos búlgaros que estavam a ser escravizados no distrito de Bragança. O cabecilha da máfia, de 29 anos, búlgaro e conhecido em Carrazeda de Ansiães pela alcunha de ‘Jardel’, foi detido no país de origem, extraditado para Portugal e está em preventiva, por tráfico de pessoas.

Em causa, um grupo criminoso com laços familiares e que começou a recrutar compatriotas - incluindo famílias inteiras, até menores de idade - na Bulgária, para as apanhas de fruta e outros trabalhos agrícolas. Prometiam-lhes salário, transporte, alojamento e alimentação. Mas, uma vez em Portugal, conheciam o inferno.



Viviam todos na cave de uma moradia - os ‘patrões’ residiam no primeiro andar, com todos os confortos -, sem casa de banho, agredidos, deixados à fome e acordados com violência, para trabalharem, em Carrazeda ou Macedo de Cavaleiros, das 05h00 às 22h00. Não tinham folgas e os sequestradores diziam-lhes que, se quisessem ir embora, tinham ‘apenas’ de pagar 1600 euros que, obviamente, aqueles não possuíam.

Sem falarem inglês ou português e amedrontados, não pediam ajuda. Até que dois deles fugiram da vivenda de Carrazeda, a pé, até à GNR de Mirandela, cerca de 40 km, alertando as autoridades, que libertaram as outras sete vítimas da cave.

"Eu passava lá e via-os com cara de fome. Cheguei a levar-lhes pão e outras coisas. Eram pessoas muito tristes", descreveu Bárbara Dias, moradora

Comentário do blogueiro: a parte que sublinhei a  vermelho diz tudo, "grupo criminosos com laços familiares". Que é como quem diz "ciganada"! Que vibrante, pá!...

De resto, tem havido bastantes casos de escravidão no interior português... resta saber porquê!

_____________
Ver também:


Na Guarda: casal detido por sequestro, tráfico e escravidão de pessoas
E mais um caso de escravidão no interior "tuga"
"Portugueses" escravizavam Portugueses em Espanha
Em Penamacor (Castelo Branco): indiano trabalhava para rede de imigração ilegal

Em zona altamente africanizada: "jovens" enriquecem-se à facada!


«A Polícia Judiciária de Setúbal anunciou esta quarta-feira este Mércores a detenção de um homem de 19 anos suspeito de um crime de homicídio qualificado, na forma tentada.

Segundo a PJ, os factos ocorreram cerca das 16h00 de terça-feira Martes no interior de um comboio do Metro Sul do Tejo, na zona do Laranjeiro, quando autor e vítima, de bairros rivais, se encontraram e envolveram num confronto físico.

O suspeito terá agredido a vitima com uma arma branca, provocando-lhe lesões graves no peito e na cabeça.


O detido vai ser hoje presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação de eventuais medidas de coacção.»

Comentário do blogueiro: a notícia não nos diz nada acerca da identidade racial dos jovens envolvidos. Mas estas coisas dos "bairros rivais" fedem ao terceiro-mundismo característico da "juventude"! E o facto de tudo se ter passado em Almada, uma zona do país altamente africanizada, também aponta nesse sentido. Enfim, lá teremos de ficar assim, a modos que sem saber...

____________
Ver também:

"Jovens" agridem revisor e espalham o terror na estação da Damaia
Lusofonia vibrante: "reagrupamento familiar" quase acaba em violação!
Crescer na Cova da Moura: vibrar desde pequenino!
Na Amadora: PSP apedrejado por "jovens" até desmaiar!
"Jovens" enriquecem curdo no Cais do Sodré
Sobre a indolência negligente da justiça "tuga" (10)
Entrentanto, no paraíso multicultural e multirracial da Cova da Moura...
Em zona altamente africanizada: tiroteio por causa de namoricos
Vários "jovens" invadem escola para espancar aluno
Em zona altamente africanizada: jovem detido por matar mulher à facada
"Jovens" divertem-se na noite da Grande Lisboa...
Os estranhos casos de violação nas noites de Lisboa 

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Alógeno "francês" a quem o futebol deu tudo choraminga porque a FIFA acabou com o seu tachinho!


Ai, coitadinho do menino! Alguém lhe dê um abracinho!...

«O futebolista do Manchester City Yaya Touré disse esta terça-feira este Martes que foi vítima de racismo durante toda a vida e mostrou-se "desiludido" pelo facto de a FIFA ter terminado o grupo de trabalho contra o racismo.

"Fui vítima de racismo toda a minha vida, tanto na rua, como nos estádios. Depois de lutar durante décadas contra o racismo, porquê acabar com uma coisa que tinha começado a funcionar?", lamentou Yaya Touré, que foi escolhido pela FIFA como consultor da comissão criada em 2013.»

Snif... snif... a FIFA não me deixa continuar a fazer de vítima! Assim não dá, pá!!! 

«O médio explicou que quando recebeu a carta a informar que o grupo de trabalho iria ser desactivado ficou "desiludido". A carta enviada continha todas as missões concluídas pelo grupo e a "única esperança" que o jogador tem é a de que a FIFA pense sobre o assunto, alertando que "serão os fãs e os jogadores a sofrer".»

Comentário do blogueiro: estes jogadores "franceses" têm o hábito de choramingar constantemente por causa do "racismo". Depois de termos visto o Liliam Thuram protestar porque "a sociedade ocidental duvida das capacidades dos indivíduos de pele negra", agora temos este yá-yá-tu-rê, cujo descaramento é ainda mais flagrante: a FIFA acabou-lhe com o arranjinho e o menino está tristinho! 

Temos de compreender, caros leitores: o menino deve ganhar muito pouco no Manchester City, pobrezinho!...

____________
Ver também:

Alógeno "francês" a quem o futebol deu tudo reclama da "sociedade Ocidental"
Triste futebol: FIFA vai doar $1 M para acolher os "refugiados"
Triste futebol: director do Benfica detido por tráfico de cocaína
Triste futebol: o presidente da liga inglesa não gosta do Brexit
Triste futebol: vice do FC Porto alvo de buscas
Triste futebol: pedófilo Carlos "1, 2, 3" Cruz denuncia compra de votos para o Euro 2004
Em Espanha: torneio de futsal só para muçulmanos!
Triste futebol: Koa Bosco, a equipa que veio do mar do terceiro-mundo
Triste futebol: Sócrates suspeito de ter entrado no negócio dos direitos televisivos do futebol
Para que serve afinal o futebol?

O legado do mulato e Nobel da Paz Merdama: homícios nos EUA aumentaram 11%, só em 2015!


É caso para dizer: "Que vibrante, pá"!...

«A criminalidade violenta aumentou em 2015 nos Estados Unidos, com os homicídios a registarem uma subida de 10,8%, o maior crescimento percentual desde 1971, divulgou esta segunda-feira este Lues um relatório da polícia federal americana (FBI). Este aumento coloca o número de homicídios na fasquia dos 15 696.»

Merdama em Julho deste ano: «O facto é que se olharmos hoje para a taxa de homicídios, o nível de violência fica muito abaixo daquele que se registava quando Reagan era Presidente, e é mais baixo do que quando eu me tornei Presidente!» [LOL! - desde 2009, o crescimento médio anual dos homicídos nos EUA foi de 1,9%! "Mais depressa se apanha um mentiroso..."]

«O destaque vai para os homicídios que envolveram armas de fogo (mais de dois em cada três casos), o que representou que o ano de 2015 registou cerca de 1.500 casos de homicídios com armas adicionais. Nenhum outro tipo de arma registou um aumento comparável (71.5%). Aliás, o número de homicídios com armas brancas decresceu ligeiramente.

A par do aumento dos homicídios com armas de fogo, o relatório do FBI verifica igualmente o aumento dos assassinatos de cidadãos negros [às mãos de quem?] Pelo menos mais 900 homens negros foram mortos em 2015 do que no ano anterior. Apesar do aumento da criminalidade violenta, a taxa de criminalidade global do país não aumentou substancialmente. No ano passado, os crimes contra a propriedade registaram um decréscimo de 2,6%.

No ano passado, o FBI contabilizou um total de 1.197.704 infracções penais cometidas com violência, o que representou um aumento de 3,9% face a 2014. A polícia federal americana classifica como criminalidade violenta os homicídios, as agressões violentas que provocam a morte, as violações, os roubos que são acompanhados por ameaças e violência e as agressões com armas.»


Agora deixo aqui alguns "pormenores" que o Correio da Mamã não nos quis contar:

«Entre as cidades cujo número de homicídios mais cresceu, encontram-se:
...Mas já se sabe, isto deve ser apenas coincidência! Já agora, aqui fica um vídeo giríssimo em que vários "afro-americanos" (LOL!) a viver em Chicago dizem o que realmente pensam acerca do mulato Merdama e do seu legado:

Trump vs. Clinton (debate na íntegra)


       Para quem tiver tempo e paciência, aqui fica o debate de ontem, entre o Donald Trump e a bruxa Hilária, na íntegra. Eu ainda não o vi, nem vou ver tão cedo. Portanto, não me peçam para comentar.

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Mais um gangue pedófilo islâmico no Reino Unido! (2)


     «Na cidade de Bristol (sudoeste de Inglaterra), um gangue de sete homens somalis abusaram, violaram e traficaram várias menores, algumas com apenas 12 anos! As meninas foram sujeitas a abusos sexuais "degradantes, violentos e horríveis", nas palavras da acusação.»

 
O Tribunal onde está a decorrer o julgamento. As contrário do que aconteceu noutras ocasiões,
os mé(r)dia ingleses não publicaram as fronhas dos violadores/proxenetas pedófilos.

«Algumas meninas foram abusadas tantas vezes que, a certa altura, até já conseguiam perceber o que lhes ia acontecer a seguir, apesar de os violadores/proxenetas falarem em código! Várias meninas foram drogadas e embriagadas propositadamente para ficaram mais dóceis durante os actos sexuais. Numa ocasião, uma das meninas terá sido violada por um xeque (alto clérigo islâmico).

A procuradora Anna Vigars, que representa as meninas, descreveu-as como "vulneráveis" e disse que algumas chegavam a acreditar que tudo fazia parte da relação com os seus namorados somalis.

Os sete somalis foram acusados de um total de 46 crimes, incluindo violação, violação de crianças menores, agressão sexual, tráfico para exploração sexual e rapto (encarceramento ilícito).»

Comentário do blogueiro: já nem sei o que dizer perante tantos casos como este! A Europa já tem tão poucas crianças, pensar que ainda por cima algumas delas são sujeitas a este género de abusos é absolutamente devastador, porque me faz perceber que a maioria dos europeus (ou, pelo menos, dos ingleses) não quer saber das suas crianças.

Eu não consigo perceber, muito sinceramente, como é que alguém é capaz de ler notícias tão revoltantes como esta repetidamente ao longo dos anos e depois ir votar num David Cameron ou num Jeremy Corbyn. Ou pior ainda, num Sadiq Khan!

____________
Ver também:

Mais um gangue pedófilo islâmico no Reino Unido...
No Reino Unido, mais um caso de gangues sexuais islâmicos
Pat Condell sobre o caso dos gangues pedófilos islâmicos de Rotherham
Paul Weston: Rotherham é um problema islâmico
Ainda sobre o caso de Rotherham...
Ainda sobre o caso de Rotherham... (2)
Nick Griffin entrevista a mãe de uma vítima de violação cometida por alógenos
A realidade dos gangues islâmicos pedófilos no Reino Unido
Mulher inglesa conta como foi violada por um gangue de muçulmanos
Pat Condell: «A traição da Europa às mulheres»
Hoje no Reino Unido, amanhã em Portugal!
Marxismo cultural na BBC: a culpa não é dos muçulmanos, é da "cultura da violação" do Ocidente
Quase todos os suspeitos da violência sexual em Colónia são estrangeiros
Ainda sobre os gangues sexuais de Colónia...
Festival multicultural de Berlim acaba com abusos sexuais
Não se pense que é só na Alemanha...
A Suécia é um dos países com mais violações do mundo!
Mais uma jovem sueca atacada por um gangue de muçulmanos
Apresento-vos a Elsa, da Suécia!

Ainda sobre os "protestos" de Charlotte...


     No mesmo dia (20-Set-2016) em que o preto Keith Lamont Scott foi abatido a tiro por um polícia que também era preto, também morreram cinco homens brancos às mãos de agentes da polícia norte-americanos!

Moral da história? Black lives matter, white lives don't!

____________
Ver também:

Sobre a violência que está a ser perpetrada por negros e antifas em Charlotte (EUA)
Paul Joseph Watson: «Motins de Charlotte: o que eles não nos dizem»
Paul Joseph Watson: «Muçulmana celebra a extinção dos "alemães de cabelo loiro e de olhos azuis
O Al-Público retoma a sua cruzada (i)moral contra o "raciiiiiiiismooooo"!!!
Na Amadora: PSP apedrejado por "jovens" até desmaiar!
Marxismo Cultural para Totós (5): os brancos têm de ser sempre "os maus"!
"Jovem vibrante" ameaça Donald Trump.

Entretanto, na Suécia... (7)


«Pelo menos quatro homens ficaram feridos este domingo Soles num tiroteio no sul de Malmö (sul da Suécia), quando um homem, de mota, disparou sobre um carro, segundo relatos de testemunhas. O tiroteio aconteceu ontem por volta das 18h00 locais (19h00 em Lisboa) pouco depois do jogo de futebol entre o Malmö Fotbollförening e Helsingborgs Idrottsförening.

Em comunicado, as autoridades descrevem que três dos feridos chegaram ao hospital "de forma desconhecida", enquanto a quarta vítima que ficou com ferimentos na cabeça foi transportada de ambulância. A polícia, que não precisou qual era o estado dos feridos, enviou várias unidades para a área onde ocorreu o tiroteio, uma zona residencial.»

 Um churrasquinho à moda "sueca": uma nova "tradição" que veio para ficar!

«De acordo com testemunhas citadas pelo jornal diário "Sydsvenskan", duas motas circulavam na zona antes do tiroteio e um homem, com rosto coberto, que seguia numa delas, disparou contra um carro, fugindo de seguida. Foram ouvidos cerca de 20 tiros

Duas horas depois, registou-se uma forte explosão num bairro próximo, ainda sem relatos de vítimas. A polícia ainda não fez detenções e mantinha, ao início da noite, um amplo dispositivo no local. A imprensa local escreveu que se podia tratar de um atentado terrorista, mas as autoridades não confirmam a ligação entre os dois incidentes.»

Comentário do blogueiro: o mais triste é que isto já  nem sequer é notícia, de tal forma se tornou corriqueiro na outrora terra dos viquingues. Relembro aos meus leitores que Malmö é, desde 2013, uma cidade de maioria muçulmana. Recordo também que a própria polícia sueca reconheceu que havia, já em 2014,  55 "no-go zones" em várias cidades suecas, número que diminuiu ligeiramente em 2015, mas que depois voltou a aumentar em 2016 para o mesmo valor (55).

Sobretudo, quero relembrar aos meus leitores que a Suécia é considerada, pela esmagadora maioria dos socialistas europeus, como  o modelo de referência ideal para a sociedade. Isto inclui os dirigentes dos nossos PS/BE/Livre, etc. Ah, e também  a direcção editorial do "jornal" Al-Púbico, que até já chegou ao ridículo de publicar um artigo em que se afirmava que a relativamente elevada taxa de fecundidade dos suecos (≈ 1,9 filhos/mulher) se devia ao feminismo e ao facto de os homens suecos ajudarem nas tarefas domésticas!... Não riam, pá! O Al-Público é o jornal das pessoas inteligentes e bem formadas, pá!!!