terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Maravilhas do Islão (VIII)


Enquanto as famílias alemãs étnicas enfrentam grandes dificuldades financeiras que os levam a ter apenas 1,3 crianças por família, uma elevada percentagem de homens muçulmanos tem cerca de 3 a 4 esposas, chegando a haver casos de 6 a 7 crianças por mulher! E tudo isto pago pelo estado social alemão: nenhuma destas mulheres trabalha. (Na Suécia, a coisa é mais ou menos igual, conforme já mostrei aqui).

Uns assombrosos 35 % dos homens muçulmanos a viver na Alemanha têm várias esposas, e quase todos vivem confortavelmente graças às benesses dos contribuintes alemães.
 

Comentário do blogueiro: é assim o credo do profeta sanguinário e pedófilo, uma fonte constante de maravilhas deslumbrantes! E é também assim o universalismo totalitarista que não permite aos indígenas qualquer forma de protesto contra o multiculturalismo relativista... enquanto permite aos alógenos todas as formas de abuso sobre os nativos, incluindo a poligamia financiada com o dinheiro dos seus impostos!

Contra tão revoltante traição aos povos autóctones da Europa, só o Nacionalismo se levanta... é por isso que só o Nacionalismo é solução!

Sem comentários: