quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Paul Joseph Watson denuncia a islamofilia da BBC


     Traduzi e legendei mais este vídeo do grande Paul Joseph Watson (Infowars). A televisão pública do Reino Unido, a BBC, fez um programa com meia-dúzia muçulmanas enfiadas em sacas de batat... eer... perdão, vestidas de burca, que respondem a várias perguntas hipotéticas (leia-se estereotipadas) formuladas por "islamófobos". É realmente revoltante que a BBC, uma estação de televisão neomarxista paga com o dinheiro dos contribuintes britânicos, tenha emitido um programa degradante e misógino como este.

Mais uma vez apelo àqueles que ainda não se inscreveram no meu canal do YouTube,  que o façam. Estou a pensar em mudar-me para lá a título definitivo, não tanto nos próximos dias, mas a médio/longo prazo.

9 comentários:

Leitora disse...

Boa tradução! Ora, o que levaria alguém a defender gayzismo e outras práticas progressistas, e ao mesmo tempo defender islamismo?
Eu só consigo pensar em um motivo.
Tudo que for contra o Cristianismo pra eles é maravilhoso.

João José Horta Nobre disse...

«Mais uma vez apelo àqueles que ainda não se inscreveram no meu canal do YouTube, que o façam.»

Eu já subscrevi!

Afonso de Portugal disse...

Leitora disse...
«Boa tradução!»

Obrigado, cara Leitora! Para um agente infiltrado, eu podia ser bem pior! ;) Mas confesso que precisei de ouvir as "jovens" várias vezes, de tão mau ser o seu sotaque!


«Ora, o que levaria alguém a defender gayzismo e outras práticas progressistas, e ao mesmo tempo defender islamismo? Eu só consigo pensar em um motivo. Tudo que for contra o Cristianismo pra eles é maravilhoso.»

O Cristianismo é sem dúvida um dos seus alvos, mas o seu grande objectivo vai para além disso. Eles querem sobretudo acabar com as pessoas que professam o Cristianismo!


João José Horta Nobre disse...
«Eu já subscrevi! »

Nesse caso, um grande bem-haja, caro Mestre Nobre! :)

Mas, se bem me lembro, não tinha uma conta de YouTube também?

Armor King disse...

No outro dia descobri uma coisa interessante no Google, sugeriro que pesquise nas imagens "European people history", "american inventors" e "white couples" e veja os resultados "enriquecedores", estes foi os que encontrei, mas imagino que noutras pesquisas poder-se-á encontrar o revisionismo progressista da história que a Google e muitos outros tentam impor sobre as massas.

Afonso de Portugal disse...

Armor King disse...
«sugeriro que pesquise nas imagens "European people history", "american inventors" e "white couples" e veja os resultados "enriquecedores"»

:| Estou a ver que aquela nova série da BBC sobre a Bretanha Romana está a fazer escola! E a geração dos guerreiros da justiça social ainda nem chegou ao poder, porque então é que vamos ter revisionismo histórico progressista em força!

Já agora, se me permite a pergunta, o caro Armor King é português ou brasileiro? É que às vezes o caro escreve em português de Portugal, como agora. Mas, outras vezes, escreve meio abrasileirado!..

João disse...

Como diziam antigamente (não sei se ainda dizem, raramente vejo televisão), mais uma produção "com o selo de qualidade da BBC". É, uma qualidade do falo.
Não me inscrevi no iótube, mas vou fazê-lo em breve - ando a trabalhar com net móvel e primeiro que me abra alguma coisa em condições...

Afonso de Portugal disse...

João disse...
«Como diziam antigamente (não sei se ainda dizem, raramente vejo televisão), mais uma produção "com o selo de qualidade da BBC". É, uma qualidade do falo.»

Ou menos do que isso... recordo que a BBC chegou a publicar anúncios de emprego em que pedia explicatamente que os candidatos não fossem brancos:

http://www.express.co.uk/news/uk/670266/BBC-advert-white-people-ethnic-equality-staff-job-internship

Ou seja, uma estação de televisão paga sobretudo com o dinheiro dos brancos, que depois recusa dar emprego a brancos!


«Não me inscrevi no iótube, mas vou fazê-lo em breve - ando a trabalhar com net móvel e primeiro que me abra alguma coisa em condições...»

Não tenha pressa, caro João! A minha nota era sobretudo para aqueles que têm conta de YouTube... os outros, enfim, quem não tem conta de YouTube nesta altura do campeonato, é porque provavelmente não gosta do formato. Há pessoas que gostam mais de ler e outras mais de ouvir. Eu tenho-me dedicado mais ao YouTube porque há lá uma comunidade de youtubers anti-esquerda que tem crescido ao longo dos anos: Paul Joseph Watson, Mark Dice, Steven Crowder, Jordan Peterson, Paul Elam, Lauren Southern, Milo Yiannopoulos, Ben Shapiro, Bill Whittle, Andrew Klavan, Dennis Praguer, Robert Spencer, Black Pigeon Speaks, Vlad Tepes, Sargon of Akkad, Gavin McInnes, etc.

Armor King disse...

Sou português, mas como durante muitos anos tive convivência com brasileiros, quando lhes escrevia, tendia a escrever como eles, daí vem o hábito de algumas vezes escrever abrasileirado :)

Já vio este vídeo do "jovem" contra a advogada sobre a Cova da Moura que deu na TVI 24.

https://youtu.be/gvf3gk0DnII

Afonso de Portugal disse...

Ahahah compreendo, caro AK, a mim isso também me acontece!

Quanto ao vídeo, já o tinha visto na página de Facebook do PNR, mas obrigado! :) Vou usá-lo num vídeo que estou a fazer sobre o caso da esquadra de Alfragide!